está aqui: home > artigos > cães: sinais vitais

Envie a um amigo
Recomende o vivapets
de:


para:


mensagem:

[ enviar ]

 

Cães: Sinais Vitais

ARCADENOE.SAPO.PT

É um especialista sobre este tema? 
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
Enviar este artigo a um amigo!
Preencha o formulário abaixo

o seu nome:
o seu email:
nome do seu amigo:
email do seu amigo:
comentários:
 
Segunda, 15 de Fevereiro 2010

Cães: Sinais Vitais
Temperatura, batimento cardíaco e número de inspirações e expirações que o cão tem são dados fisiológicos importantes para a saúde do animal. Medir e conhecer os valores de referência é trabalho do veterinário, mas o dono pode detectar problemas mais atempadamente se os monitorizar.

Temperatura


Os cães têm uma temperatura corporal mais alta do que os humanos. Para adultos, a temperatura ronda os 38 ºC, sem que isso indique que estejam com febre. Temperaturas mais baixas ou mais altas podem ser perigosas. Nestes casos deve ligar ou levar o cão ao veterinário.

No veterinário, a temperatura dos cães pode estar mais alta devido à ansiedade, mas valores normais não ultrapassam os 39 ºC.

Num cachorro recém-nascido, a temperatura é geralmente mais baixa. Logo após o nascimento, a temperatura pode ser tão baixa quanto 35,5, mas tende progressivamente a aumentar até 36,5/37 ºC.

Para medir a temperatura do cão pode utilizar um termómetro de humanos, mas como nos animais se mede a temperatura rectal, convém que o termómetro seja só utilizado no cão.

Antes de inserir o termómetro no recto, deve lubrificá-lo com vaselina ou um produto semelhante para não causar incómodo no animal. Depois, levante a cauda do cão e mantenha-a segura para que o cão não se consiga sentar. Insira o termómetro no recto do animal cerca de 2/3 cm em cães pequenos. Em cães gigantes poderá ter de inserir até 5/6 cm.

Retire o termómetro 1 a 2 minutos depois, limpe com um pano e veja quantos graus marca. Depois limpe o termómetro com álcool e guarde-o.

É necessário algum cuidado para que cão não faça movimentos bruscos ou se sente enquanto lhe mede a temperatura e podem ser necessárias duas pessoas, uma para segurar o cão e outra para segurar o termómetro, caso não tenha experiência. Existe o risco de o termómetro se partir. Nesse caso não tente retirá-lo. Ligue imediatamente ao veterinário e siga as indicações.

Batimento cardíaco


Um cão adulto tem entre 70 a 120 batimentos por minuto, em repouso, podendo chegar aos 180 em exercício. Já um cachorro recém-nascido geralmente tem mais de 200. Os cães grandes têm em média menos batimentos cardíacos por minuto do que um cão pequeno. O acto de respirar pode também alterar a frequência dos batimentos, sendo que a inspiração acelera a pulsação. Batimentos abaixo ou acima do indicado ou irregulares podem indicar algum problema cardíaco do cão e é um assunto que deve expor ao veterinário.

Para calcular o número de batimentos cardíacos por minuto deve encontrar o pulso do cão e contar as pulsações. Para encontrar a pulsação do cão, basta colocar dois dedos junto do peito do cão, perto da pata. Pode também sentir a pulsação junto das patas traseiras, na parte superior da coxa.

Conte o número de batimentos que sentir durante 15 segundos e depois multiplique por quatro para saber o número de batimento por minuto.

Respiração


Os cães adultos respiram, inspiram e expiram, cerca de 10 a 30 vezes por minuto, em repouso, podendo ser mais alta, 40 por minuto, quando em exercício. Os recém-nascidos têm em média por 15 a 35 respirações em 60 segundos. Mais uma vez, os cães pequenos têm geralmente uma respiração mais acelerada do que os cães de maior porte.

É fácil contar o número de respirações nos cães, basta observar os movimentos da caixa toráxica ou colocar a mão sobre o peito para os sentir.
adicionar um artigo
Bookmark no site::
Del.icio.usDiggNewsVineDe.lirio.usBlinkbitsBlinklistBlogmarksCo.mmentsFarkFurlMa.gnoliaNetvouzRedditScuttleShadowsSimpyTailRankYahooMyWeb
Comentários (1)adicionar comentário
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
27.02
josete disse:
Estes dados vitais para cães diferem um pouco se o cão for atleta ou não. Mas o principal é que o “tutor” observe o que tem de diferente com o seu cão. Não é necessário mensurar a temperatura ou respiração ou batimentos cardíacos e sim saber se o seu cão está bem. Alguns sintomas BÁSICOS demonstram que o seu cão não está bem: diarreia com ou sem sangue, vômitos com ou sem sangue, apatia, anorexia são sintomas que indicam que o cão não está bem e PRECISA URGENTE IR AO VETREINÁRIO.
rede vivapets:  Português Português English English Español Español Deutsch Deutsch