está aqui: home > artigos > cães de guarda: rottweiler vs ...

Envie a um amigo
Recomende o vivapets
de:


para:


mensagem:

[ enviar ]

 

Cães de Guarda: Rottweiler vs Pastor Alemão

ARCADENOE.SAPO.PT

É um especialista sobre este tema? 
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
Enviar este artigo a um amigo!
Preencha o formulário abaixo

o seu nome:
o seu email:
nome do seu amigo:
email do seu amigo:
comentários:
 
Segunda, 22 de Abril 2013

Cães de Guarda: Rottweiler vs Pastor Alemão
São duas das raças mais populares no mundo e as duas mais utilizadas como cães de guarda. Mas se à partida podem desempenhar as mesmas funções, a verdade é que são cães muito diferentes com formas de trabalhar distintas.

Diferenças históricas

Tanto o Pastor Alemão como Rottweiler são raças com tradição em guarda. Desde as origens que a ambos era pedido que protegessem rebanhos e gado de predadores. Ao longo da história, ambos foram utilizados como cães militares.

O Pastor Alemão é tal como o nome indica um cão pastor. Foi criado para guardar rebanhos, defendendo-os de lobos, mas já evoluiu muito desde a sua origem. A sua evolução está especialmente marcada pelo trabalho de protecção/guarda. As provas de trabalho às quais os Pastores Alemães modernos estão sujeitos nas monográficas implicam exercícios de obediência e defesa. Os animais são treinados para morder e largar ao comando e onde morder.

O Rottweiler é um cão criado para guiar o gado do campo para os mercados. Tinha como função proteger o gado de predadores e manter os animais reunidos. Desempenha essa tarefa recorrendo à intimidação, mas também à força física, e é útil para fazer andar o gado que permanece imóvel e resiste aos Borders Collies. Estes cães eram também utilizados para puxar pequenas carroças ou outros aparelhos. Durante as guerras mundiais foram colocados a serviço do exército. São assim animais cuja capacidade física é extremamente importante, em que a força se sobrepõe à resistência ou velocidade.


imagem: LeMort

Diferenças físicas


O Rottweiler fisicamente é maior e mais corpulento do que o Pastor Alemão. Em termos de altura a diferença não é muito evidente, mas em termos de peso é. O Rottweiler pesa em média mais 15 kg do que o Pastor Alemão.

   Pastor Alemão  Rottweiler
Altura machos (cm) 
 60 a 65  61 a 68
 Peso machos (kg)  30 a 40  50
 Altura fêmeas (cm)  55 a 60  56 a 63
 Peso fêmeas (kg)
 22 a 32  42


O Rottweiler é um cão mais intimidante visualmente. Tem uma cabeça maior, os músculos mais salientes e é maioritariamente preto, o que estudos mostram ser mais temível em cães de guarda (embora o Pastor Alemão também possa ser preto).


Pastor Alemão preto. Foto de StrickenAza34

Em termos de velocidade e resistência, o peso do Rottweiler atraiçoa-o. O Pastor Alemão sai-se em média melhor tanto a nível de resistência como de velocidade. Especialmente com o tempo quente em que o focinho curto do Rottweiler não permite arrefecer o corpo de forma tão eficaz e acaba por limitar o esforço que o cão pode despender.

Em termos de pelagem, o Pastor Alemão necessita de mais alguns cuidados. A diferença entre o Rottweiler e o Pastor Alemão de pêlo curto não é muito significativa: uma escovagem semanal é suficiente, embora o Pastor Alemão beneficie de uma escovagem extra. A principal diferença está no Pastor Alemão de pêlo longo, em que a manutenção da pelagem é mais exigente. As escovagens devem ser mais regulares e os banhos podem ter de ser mais frequentes.

Diferenças de temperamento/trabalho

Tanto o Pastor Alemão como Rottweiler são cães corajosos, leais e com um forte instinto de guarda. Ambos necessitam de um dono experiente que se afirme desde o início como líder. Necessitam de uma boa socialização com outros animais e pessoas e não será por isso que irão perder o instinto de guarda.

O Pastor Alemão está entre as raças consideradas mais inteligentes. Tem uma grande apetência para aprender e seguir comandos. É um cão que pode ser usado em desporto e o treino de guarda torna-o um cão previsível e irrepreensível no trabalho que faz. Os criadores que queiram participar em monográficas (exposições de apenas Pastores Alemães) têm de ter os cães treinados para obediência e protecção e isso é incentivado nos donos. O Pastor Alemão que é bom guarda tem tanto de instinto como de treino.

O Rottweiler é mais difícil de treinar. Necessita de um treino criativo e estimulante para se manter atento ao dono e disponível para aprender. Não gosta de repetições, não gosta de trabalhar por desporto como o Pastor Alemão. Entra em acção quando sente efectivamente perigo e aí segue o instinto. Não é tão previsível, pois necessitam de ocorrer situações de perigo para o dono poder descobrir como reage o cão, quais as situações que desencadeiam o seu instinto de protector e como defende o dono. Isto não quer dizer que não seja possível treinar um Rottweiler. É possível, mas implica mais tempo e mais dedicação do dono. Existe uma velha piada que diz: Se pedirmos a um Pastor Alemão para saltar, ele responde “Quão alto?”, enquanto que se pedirmos o mesmo a um Rottweiler ele pergunta “Porquê?”. É preciso dar um motivo ao Rottweiler para treinar pois um treino aborrecido não lhe interessa.

O Pastor Alemão é um cão com um nível de actividade mais alta. O Rottweiler é um cão menos activo. O Pastor Alemão necessita por isso à partida de mais espaço para viver e não é um cão que se dê em apartamento. Tem também mais tendência para patrulhar o terreno do que o Rottweiler, embora prefira mesmo estar junto ao dono. O Rottweiler costuma marcar uma posição dentro do terreno que lhe permita ter controlo sobre grande parte da área a proteger e apenas se desloca caso ouça barulho.

O Pastor Alemão tende a ser mais vocal do que o Rottweiler, mas nem sempre é assim.

   Pastor Alemão  Rottweiler
Treino (dificuldade)
Fácil  Médio
 Actividade  Alta  Baixa
 Necessidade de espaço  Alta  Média
 Ladrar  Muito vocal  Tendencialmente menos


Diferenças legais/sociais

O Rottweiler é uma raça considerada como Potencialmente Perigosa. Isto implica que a lei é mais rigorosa e exigente com o dono. Na prática, há duas questões importantes: Seguro e esterilização. Os donos de cães de raças consideradas Potencialmente Perigosas têm de ter um Seguro de Responsabilidade Civil com um capital mínimo de 50 mil euros, despesa que não é exigida para o dono de um Pastor Alemão. Para além disso, se o Rottweiler não tiver LOP (pedigree) tem de ser esterilizado.

Esta lei reflecte contudo a percepção pública das duas raças. O Rottweiler é um cão temido pela opinião pública considerado como instável e agressivo. Enquanto que o Pastor Alemão é visto como um bom guarda, estável e eficiente. Discussões à parte sobre se de facto esta percepção pública corresponde à verdade, o facto é que a fama do Rottweiler pode até funcionar a favor dele quando desempenha a função de guarda, visto ter à partida um efeito mais dissuasor. No entanto, o Pastor Alemão também goza de fama de ser um bom guarda, extremamente eficiente naquilo que lhe pedem.

Rottweiler – prova de trabalho




Pastor Alemão – prova de trabalho



Imagem Principal: Pauls imaging
adicionar um artigo
Bookmark no site::
Del.icio.usDiggNewsVineDe.lirio.usBlinkbitsBlinklistBlogmarksCo.mmentsFarkFurlMa.gnoliaNetvouzRedditScuttleShadowsSimpyTailRankYahooMyWeb
Comentários (1)adicionar comentário
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
22.04
Snake25 disse:
São ambos os dois excelentes cães... A nível de treino tenho ouvido dizer que o rotweiller também aprende com muita facilidade aquilo que lhe pedem.
rede vivapets:  Português Português English English Español Español Deutsch Deutsch