está aqui: home

Envie a um amigo
Recomende o vivapets
de:


para:


mensagem:

[ enviar ]
 FAQFAQ   PesquisarPesquisar   PerfilPerfil   Ligar e ver Mensagens PrivadasLigar e ver Mensagens Privadas 

Cachorro que morde - Soluçao?

 
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum vivapets.com -> Pastor Alemão
Ver mensagem anterior :: Ver mensagem seguinte  
Autor Mensagem
nezitah
Membro Júnior


Registrado em: 12 Fev 2007
Mensagens: 13

MensagemColocada: Seg Fev 12, 2007 4:23 pm    Assunto: Cachorro que morde - Soluçao? Responder com Citação

Olah!
eu tenho um pastor alemao com 4/5 mesitos e sempre que nos vê fica super entusiasmado, começa a ganir, a saltar à nossa volta e a tentar morder-nos não para "arrancar um bocado",mas como tem os dentitos aguçados acaba por magoar ou estragar a roupa.Quando finalmnt o conseguimos acalmar com festinhas ele lá se deita e quase adormece ou fica muito quietinho ... no entanto, queria conselhos para que ele nao ficasse tao nervoso qd nos vê.. Obrigada =)
Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Reportar esta mensagem
jcsousa
Membro Veterano


Registrado em: 03 Mai 2003
Mensagens: 1947

MensagemColocada: Seg Fev 12, 2007 5:16 pm    Assunto: Responder com Citação

Há aqui um tópico recente sobre o tema, pode consultá-lo. De qualquer modo tenha em conta o seguinte:

- pelo que conta o cachorro morde sem agressividade, apenas por excitação; convém ver o tempo que ele passa sozinho; pode ser um primeiro sintoma de ansiedade por separação.

- uma possível pela solução para o problema é ignorá-lo completamente quando chega a casa, deixar passar uns minutos e quando ele estiver calmo então brincar com ele; este procedimento exige constância e sobretudo que todos os membros da família o adoptem;

- eu costumo utilizar outra técnica quando quero acabar com esse comportamento - faço-lhe uma grande festa e quando ele me morde baixo-me ràpidamente e agarro-lhe a lingua e não lha largo até o cachorro se começar a sentir aflito; entretanto continuo a brincar com ele e a elogiá-lo efusivamente como se estivesse a gostar muito da brincadeira. Trata-se de, fingindo que se alinha na brincadeira, fazer com que esta seja desagradável para o cachorro; edm poucos dias costuma dar resultado.

- pessoalmente sou contra reprimir directamente o cachorro precisamente quando ele dá mostras de alegria por nos ver; daí que não aconselhe o famoso "não" e muito menos bater no animal.

Cumprimentos e bem vindo/a.

José Carlos
Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Reportar esta mensagem
nezitah
Membro Júnior


Registrado em: 12 Fev 2007
Mensagens: 13

MensagemColocada: Seg Fev 12, 2007 5:20 pm    Assunto: Responder com Citação

ola =)
ele nao passa muito tempo sozinho, tá sempre a brincar com o raja (o meu cao da serra) e eu tenho estado por casa a estudar (+/- um mes) e volta meia volta vou la para fora brincar com eles e dar umas corridas.
gostei especialmnt do conselho d lhe agarrar a lingua lol achei engraçado!coitadiinho!vou experimentar e aconselhar a minha familia a fazer igual, depois digo s deu resultado! obrigada ** Smile
Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Reportar esta mensagem
nezitah
Membro Júnior


Registrado em: 12 Fev 2007
Mensagens: 13

MensagemColocada: Seg Fev 12, 2007 5:39 pm    Assunto: Responder com Citação

tenho ainda uma "curiosidade" sobre outro tema ...
antes de ter os meus dois cachorrinhos (Raja e Lord) tive uma pastor alemao e o filho dela arraçado com cão da serra.
a minha cadela adoeceu de uma maneira "estranha".começou a ficar muito quietinha, sempre no seu cantinho.inicialmente pensamos que era preguiça (ela tinha pouco mais d 10 aninhos), só que um dia, eu e o meu pai, a tentarmos muda-la de sitio, levantamos-lh a cauda i ela estava xeia de bichos que me pareciam larvas por dentro Crying or Very sad esta imagem nunca me saiu da cabeça =( ela continuava a comer normalmente, notava-se que estava a lutar pela vida ...mas nós já só queriamos que ela parasse de sofrer e na manhã seguinte, quando acordamos, ela já tinha morrido ... gostava de saber se alguem me pode dizer o que poderá ter causado aquilo?parecia que ela estava a ser devorada por dentro ...
depois, o meu cão era super animado e quando a Fofinha morreu ficou mais tristito ... alguns meses depois, apareceu-lhe na patinha esquerda uma ferida que ele lambia incansavelmente, nós faziamos-lhe curativos, punhamos compressas/pensos pa dar tempo de secar ... e sempre que estava quase a desaparecer a ferida voltava a abrir... o meu cao tinha por volta da 8 aninhos quando morreu Crying or Very sad mais ou menos um ano depois da minha cadela ter morrido ... nos ultimos tempos ele andava mais parado, quando o levava a passear ja nao corria, na noite em que morreu ouvi-o super aflito la fora, mas sempre pensei que fosse por causa da trovoada (na altura trovejou durante dias seguidos), no dia seguinte acordamos com vários buracos à volta da casa e ele morto =( o meu cão era grande, mas naquela manha tinha o dobro do tamanho, estava inchadissimo... até hoje a minha duvida persiste, foi ataque de coraçao?envenenamento? gostava de ter uma resposta para poder acudir atempadamente aos meus juniores. obrigada!
Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Reportar esta mensagem
CasadeAnaval
Membro Veterano


Registrado em: 30 Abr 2003
Mensagens: 8292

MensagemColocada: Qua Fev 14, 2007 8:13 pm    Assunto: Responder com Citação

[quote="nezitahNezita, a sua dúvida até hohe deveria ter sido"porque não foram com ela ao veterinário". Entendo que na altura era muito nova certo e nada pode ser imputado a si, mas em relação ao seu pai, já não há desculpa.
_________________

http://www.antidoto-portugal.org

Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Reportar esta mensagem
nezitah
Membro Júnior


Registrado em: 12 Fev 2007
Mensagens: 13

MensagemColocada: Qua Fev 14, 2007 9:07 pm    Assunto: Responder com Citação

CasadeAnaval escreveu:
[quote="nezitahNezita, a sua dúvida até hohe deveria ter sido"porque não foram com ela ao veterinário". Entendo que na altura era muito nova certo e nada pode ser imputado a si, mas em relação ao seu pai, já não há desculpa.



essa duvida nao me leva a lado nnhum..nao poxo mudar o k esta' feito,nem fazer agora akilo k deveria ter sido feito na altura...ninguem é perfeito e por vezes somos descuidados relativamente ao que gostamos...
quando nos apercebemos do (terminal) estado dela ligámos ao veterinario,k na altura nao estava disponivel e combinamos ir la no dia seguinte.porem, no dia seguinte qd acordamos ela ja tinha morrido ..
nao procuro juizos de valor mto menos condenaçoes .. simplesmnt toda aquela situaçao nunca me saiu da cabeça e as duvidas k m persistem, exas sim, s esclarecidas podem ajudar-me a agir atempadamente em relaçao aos meus cachorrinhos.
Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Reportar esta mensagem
Pastoreiro
Membro Júnior


Registrado em: 09 Dez 2006
Mensagens: 43

MensagemColocada: Qua Fev 14, 2007 10:20 pm    Assunto: Responder com Citação

Agora sem ter os exemplares presentes torna-se muito dificil tentar esclarecer as razões dos problemas de saude.
Tudo indica que em um dos casos seriam parasitas que infestaram completamente o animal.
No outro caso visto que teria um problema com uma ferida e que morreu muito inchado poderia ser muitas coisas de origem diferente.

Eu tambem não quero fazer juizos de valor sobre ninguem mas pela sua descrição a morte de ambos os cães deve ter sido com bastante sofrimento pelo que não posso deixar de condenar a atitude dos elementos da familia com idade para destinguir que os animais devem ter cuidados de saude como qualquer de nós e não ser colocados em um canil ou presos a uma "casota" como um "cão".

De qualquer forma é com agrado que vejo a sua tentativa de recolher conhecimentos sobre o que possa ter sucedido e alterar o tipo de comportamentos que as pessoas tinham no passado em relação ao melhor amigo do homem.

Peço que não leve a mal estas minhas palavras porque são uma critica construtiva.
Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Reportar esta mensagem
nezitah
Membro Júnior


Registrado em: 12 Fev 2007
Mensagens: 13

MensagemColocada: Qua Fev 14, 2007 10:45 pm    Assunto: Responder com Citação

eu nao levo propriamnt a mal ... é só que o que está feito, está feito e não há nada que agora possa fazer para mudar isso Sad
compreendo que as pessoas ao lerem o meu testemunho tenham tendência a criticar os mais velhos que deveriam estar mais atentos áqueles pequenos sinais e a consultar de imediato o veterinário, no entanto, agradecia que nao o fizessem (apesar das boas intenções).Acima de tudo os animais eram nossos e acreditem que sentimos mesmo muito a perda deles Crying or Very sad mais que nossos cães, eram membros da familia ..
quanto a mim, sou mesmo muito ligada aos meus animais e quero estar mais atenta aos meus petits (cachorrinhos)!
quanto áquela ferida na patinha esquerda na altura houve quem me dissesse que era sintoma de problemas no coraçao, outros diziam que era por se sentir sozinho ... enfim, e depois o facto de quando o Simba morreu estar inxadissimo houve quem me dissesse que provavelmente tinha sido envenenado ...
bem, acho que as minhas duvidas sao quase como que uma caça às bruxas =S talvez (ou nao) uma maneira de ficar mais descansada em que ninguem (a nao ser a nossa falta de atençao) fez mal aos meus cães.
Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Reportar esta mensagem
jcsousa
Membro Veterano


Registrado em: 03 Mai 2003
Mensagens: 1947

MensagemColocada: Qui Fev 15, 2007 1:49 pm    Assunto: Responder com Citação

Olá.

A única hipótese de saber exactamente o que tinha acontecido aos cães era ter solicitado as respectivas necrópsias.

Sirva a experiência para de futuro procurar junto de veterinários o devido acompanhamento sempre que tal for necessário. Com a experiência também se aprende...

José Carlos
Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Reportar esta mensagem
MAYADA



Registrado em: 18 Jan 2007
Mensagens: 4

MensagemColocada: Dom Fev 18, 2007 2:57 am    Assunto: Responder com Citação

Olá,

Que sirva a sua experiência para que de futuro procure junto das "entidades" competentes o devido acompanhamento, sempre que "tal" se manifeste como necessário.
Consulte um veterinário, ou dois, e porque não três!?

Errar é humano.

Isabel Fonseca.

Wink
Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Reportar esta mensagem
sanxeri
Membro Veterano


Registrado em: 04 Out 2005
Mensagens: 2891
Animais: Caes, gatos, hamsters...

MensagemColocada: Sáb Abr 07, 2007 10:50 pm    Assunto: Responder com Citação

A minha Sara, que é dos meus tio,s tem o mesmo problema. A minha tia passa o dia em casa... Ela tem adoraçao pela minha tia! Segue-a para todo o lado. Mas quando chega o meu tio a casa ou mesmo eu e os meus irmaos ela desata a saltar e morde-nos os braços todos. O meu tio ja ficou com buracos em meia duzia de camisolas.

Ela é bruta! ferra imenso... nao por maldade mas de excitaçao. Ninguem a consegue acalmar e se o meu tio lhe grita ela ainda faz pior. Confused
_________________
   Amo animais.
Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Reportar esta mensagem
WUSV
Membro Veterano


Registrado em: 21 Mar 2005
Mensagens: 489

MensagemColocada: Qua Ago 15, 2007 7:23 pm    Assunto: Responder com Citação

AGRESSIVIDADE AOS 3 MESES. O QUE FAZER?

• Questão: Ele gosta de morder... morde toda hora. Todas as vezes que vou pegá-lo no colo, ele se debate, rosna, tenta me morder e comecei a gritar com ele para se aquietar. Depois de um tempinho, parece funcionar. Ele se aquieta e meio que fica cansado com a "luta" e começa a me lamber.


Todos os cães de todas as raças, enquanto cachorros, brincam de luta com seus irmãos de ninhada, principalmente, os machos.

Como seu cão não tem irmãos, a brincadeira tem que ser com você mesmo. NÃO É AGRESSIVIDADE em hipótese alguma, sequer teste de alguma coisa... é uma simples brincadeira de cachorro. As lutas entre cachorros também terminam com lambidelas.

Pegar no colo um cachorro em pleno exercício da luta só poderia resultar nesta reacção. Mais uma vez, o cão está correcto.


A solução:

Jamais deve zanguar-se com ele ou tenha voz autoritária nesses casos.

Simplesmente diga-lhe que não gosta, virando-lhe as costas e parando a brincadeira. Assim que ele se aquietar volte a brincar e até a pegá-lo no colo.

Pode cobri-lo de beijinhos.
Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Reportar esta mensagem
cinoalves
Membro


Registrado em: 01 Dez 2004
Mensagens: 192
Animais: cão, gato

MensagemColocada: Sáb Set 15, 2007 3:39 pm    Assunto: Responder com Citação

chama-se a isso instinto de presa

O cachorro gosta de morder em tudo o que meche.

arranje um brinquedo para bincar com o seu cachorro e canalize a vontade de ele morder nas vossas pernas para o briquedo.

Há brinquedos próprios para cahorros.

Atenção aos dentes que durante a muda pode magoa-lo
Voltar ao topo
Ver o perfil de utilizadores Enviar Mensagem Privada Reportar esta mensagem
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder a Mensagem    Índice do Fórum vivapets.com -> Pastor Alemão Todos os tempos são GMT
Página 1 de 1

 
Ir para:  
Neste fórum, você Não pode colocar mensagens novas
Não pode responder a mensagens
Não pode editar as suas mensagens
Não pode remover as suas mensagens
Você Não pode votar neste fórum

rede vivapets:  Português Português English English Español Español Deutsch Deutsch