está aqui: home > cães > husky siberiano

Envie a um amigo
Recomende o vivapets
de:


para:


mensagem:

[ enviar ]
Página adionada aos Favoritos 

Husky Siberiano

Um olhar gelado!

Husky Siberiano
origem:Sibéria
esperança de vida:15 anos
classificação:Raça de Trabalho
altura:51 para 60 cm
peso:16 para 27 kg
exercício: Exigentetreino: Difícilclima: Friointerior/exterior: Fora de casatosquia: Necessita de cuidados com o pêloalimentação: Exigentetamanho: Médio
Adicionar aos meus items favoritosÉ um perito nesta raça?envie esta página a um amigoadicione um comentárioadicione um link
Adicione esta raça aos seus tópicos favoritos
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
É um perito nesta raça?
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
envie esta raça a um amigo!
Preencha o formulário abaixo

o seu nome:
o seu email:
nome do seu amigo:
email do seu amigo:
comentários:
 

História [ editar ]

A história do aparecimento Husky Siberiano é interessante porque ilustra parcialmente como a relação (de utilidade) estabelecida entre o homem e o cão pode ser baseada no respeito pela raça. Há mais de 2500 anos atrás o nordeste asiático era povoado por uma comunidade indígena denominada Chukchi. Exposta a um dos climas mais inóspitos do mundo, a sobrevivência era assegurada com a ajuda de grupos de Huskies que puxavam os trenós do seu dono percorrendo longas distâncias, levando os seus donos aos locais onde pudessem pescar. Por serem de pequeno porte e relativamente leves, tornaram-se rápidos e gastavam muito pouca energia.

Esta característica foi muito importante, já que o pequeno consumo de energia permitia-lhes superar as temperaturas extremamente baixas do Inverno siberiano que atinge facilmente os 60 graus negativos!

Daqui decorre que no seio daquela comunidade, o respeito pela raça fosse visível, não só na dimensão religiosa, mas também económica. Isto porque a iconografia da fé representava muitas vezes estes bravos e pequenos cães. Os melhores exemplares desta raça eram possuídos pelos mais ricos da sociedade que ganhavam prestígio nessa aquisição.

A pureza da raça parece ter sido mantida pelos Chukchi durante todo o século XIV e são estes os verdadeiros ancestrais do actualmente conhecido Husky Siberiano.

Foi com a corrida ao ouro no Alasca, que as suas capacidades foram reconhecidas. Naquela época, os trenós puxados por cães consistiam na única rede de transportes existente e a competição entre equipas tornou-se frequente.

A introdução da raça nos EUA fica a dever-se a Leonard Seppala que consegue que, em 1930, a raça seja reconhecida pelo Kennel Club americano. Oito anos depois, é fundado o primeiro clube da estirpe em território americano.

Durante a II Guerra Mundial, a raça destaca-se pelo trabalho desempenhado na busca e resgate.
Actualmente, este cão é respeitado a nível mundial, sendo representado por mais de vinte clubes que protegem a sua criação.
a editar: História [ fechar ]
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.

Temperamento [ editar ]

O Husky é um cão muito activo e independente, talhado para trabalhar arduamente em grupo. A sua forte personalidade, aliada a uma fina inteligência, faz com que estes cães não sejam aconselhados a donos com pouca experiência, uma vez que facilmente se tornam dominantes e invertem a “hierarquia”.

Necessitam pois de uma educação positiva e consistente, que se inicie na sua infância por um dono experiente. Paciência e persistência são atributos a ter em conta se queremos que respeite as nossas regras.

Paralelamente, são cães muitos sociáveis, que adoram as pessoas e não apreciam ser deixados sozinhos. Desenvolvem uma boa relação com as crianças porque são muito pacíficos. No entanto, são hostis a animais de estimação que não conheçam.
a editar: Temperamento [ fechar ]
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.

Descrição [ editar ]

A grande popularidade do Husky deve-se também à sua aparência apelativa. É um cão de tamanho médio, cuja altura na cernelha varia nos machos entre os 53 e os 60 cm e nas fêmeas entre os 51 e os 56 cm. O seu peso oscila entre os 20e os 27 Kg, nos machos, e entre os 16 e os 23 Kg, nas fêmeas.

A pelagem é dupla e de comprimento médio, com uma aparência bastante felpuda. O subpêlo é macio e denso e a pelagem exterior é recta e macia. Na cauda, o pêlo é de comprimento médio e dá a aparência de uma “vassoura” redonda, por ter um tamanho relativamente idêntico na inserção, lados e por baixo.

Todas as cores do branco puro ao preto são permitidas e existe uma variedade notável de marcas.
 
A cabeça de tamanho médio é proporcional ao corpo e relativamente arredondada. O focinho tem um comprimento médio, ou seja, a distância que vai desde a ponta do nariz ao chanfro é igual à distância desde o chanfro ao occipital. A cana nasal é recta e o stop é bem definido. A largura do focinho é média, os lábios são pigmentados e secos e os dentes apresentam uma mordida em tesoura. O nariz é preto nos cães cinza, canela os pretos; fígado nos cães avermelhados; cor de carne nos cães brancos puros. Existe ainda um tipo de exemplares que apresenta o nariz raiado de rosa.

As orelhas têm um tamanho médio e formato triangular e apresentam-se erectas. São grossas, peludas, e inseridas alta na cabeça, ligeiramente arqueadas atrás. Os olhos são amendoados, moderadamente espaçados, e inseridos um pouco obliquamente. Possuem uma expressão penetrante, amistosa e interessada. Podem ser castanhos ou azuis ou um de cada cor. De facto a cor dos olhos parece atrair muitas pessoas. É comum encontrar exemplares com um olho de cada cor ou mesmo com os olhos particoloridos (duas cores no mesmo olho), o que não considerado falha genética.

O seu corpo é relativamente compacto, dotado com uma movimentação leve, livre e esbelta, que não aparenta qualquer esforço. O pescoço de tamanho médio, é arqueado e portado de forma altiva quando o cão está parado. Durante o trote, o pescoço estende-se de modo a que a cabeça seja portada ligeiramente para a frente. O peito é profundo e forte, mas não muito largo. As costelas apresentam-se bem arqueadas a partir da coluna, e achatadas de lado, característica que lhe concede liberdade de movimento.

Nos ombros, a omoplata está disposta bem para trás num ângulo de aproximadamente 45 graus em relação ao chão. Os músculos e ligamentos que sustentam o ombro à caixa torácica são firmes e bem desenvolvidos. O dorso é recto e forte e a sua linha superior está nivelada da cernelha à garupa.
O lombo seco e firme, é mais estreito que a caixa torácica e ligeiramente esgalgado.

Quando vistas de frente, as pernas dianteiras são moderadamente espaçadas, paralelas e rectas, com os cotovelos junto ao corpo sem virar para dentro ou para fora. Quando vistas de lado, os metacarpos são ligeiramente inclinados com as articulações dos metacarpos fortes contudo flexíveis. A ossatura é substancial mas nunca pesada. O comprimento da perna, é relativamente maior que a distância do cotovelo ao topo da cernelha. O pezunho é normalmente removido. As pernas traseiras são moderadamente espaçadas e paralelas. As sobrecoxas são musculosas, os joelhos bem angulados, as juntas dos jarretes bem definidas e baixas em relação ao solo.

Os pés de formato oval são de tamanho médio, compactos e peludos entre os dedos e as almofadas plantares. Estas últimas são duras e bem acolchoadas. A cauda inserida exactamente abaixo do nível da linha superior, é geralmente portada sobre o dorso numa graciosa curva de foice quando o cão está atento. Quando portada para cima não deve enrolar nem ficar achatada contra o dorso. É normal a cauda caída e pendente quando o cão está a trabalhar ou em repouso.

As sobrecoxas são musculadas, os joelhos bem angulados, as juntas dos jarretes bem definidas e baixas em relação ao solo. Os pés têm uma forma oval e não são longos, tamanho médio, compactos e peludos entre os dedos e as almofadas plantares. As almofadas plantares são duras e bem acolchoadas e os pés não viram para dentro ou para fora quando o cão estiver numa postura normal. A cauda é peluda a lembrar as das raposas. Inserida exactamente abaixo do nível da linha superior, geralmente portada sobre o dorso numa graciosa curva de foice quando o cão está atento. Quando portada para cima não deve enrolar nem ficar achatada contra o dorso. É normal a cauda caída e pendente quando o cão está a trabalhar ou em repouso.
a editar: Descrição [ fechar ]
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.

Saúde e Higiene [ editar ]

Esta raça tem uma esperança média de vida que pode ultrapassar os 15 anos de idade, pelo que é considerada genericamente muito saudável. Existe porém a hipótese de desenvolver problemas de visão (tais como cataratas e atrofia progressiva da retina) e displasia da anca.

O seu pêlo precisa ser escovado ocasionalmente e só deve ser aparado nos pés.

Estes cães necessitam de praticar diariamente exercício físico (entre uma a duas horas). Adoram correr livremente e saltam com facilidade as vedações pouco altas, por isso há que tê-lo bem protegido.

Também apreciam o tempo frio e o ideal é que vivam fora de casa com acesso a uma área devidamente cercada. 
a editar: Saúde e Higiene [ fechar ]
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
Adicionar novo bloco [ adicionar ]
adding: [ fechar ]
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
[ É um perito nesta raça? Editar esta descrição(moderado) ]
Comentários (36)adicionar comentário
Esta funcionalidade exige que esteja registado no VIVAPETS

Pode fazer o login da sua conta ou criar uma nova conta.
29.06
brunas99 disse:
Eu tenho um Husky chamado Dani com 13 anos,já está um pouco velhote(passa o dia a dormir,levanta-se com dificuldade,etc). O Dani é um cão muito mimado e dócil. Adora crianças.
26.05
dscosta disse:
Com grande mágoa minha....o veterinário disse que tinham ambos temores. Mas ao mesmo tempo nos disse que tinhamos sido uns sortudos por temos um husky com 15 e anos. A quem quiser um cão meigo, brincalhão e amigo aconselho o HUSKY SIBERIANo. Tenham cuidado é se houver galinhas por perto!!!! falo por experiência própria.lol Obrigado
25.05
dscosta disse:
Paixão!É a palavra que eu descrevo esta raça. Tive 4 Huskys: a Ruby; castanha de olhos castanhos (meiga); a Zara castanha de olhos azuis (maluca por água); doggy branco\preto com um olho de cada cor (maluco) e nasceu cá em casa a Shakira branca\preta com olhos azuis (a eterna criança, que adora comer roupa interior usada). Neste momento as lágimas me correm por cara abaixo.....Ruby morreu de velhice...Zara morreu com temor na anca.....Doggy esta doente (temor na anca) a minha menina em Três dias creceu-lhe algo junto das mamas que não anda nem sai da casota....temo que tenham temores....vai o veterinário vê-los...temo que tenho de por termo á vida deles...
09.04
kiaraenala disse:
eu tinha uma husky castanha clara muito peluda e meiguinha,uma verdadeira companhia. tive de a abater a pouco tempo pois tinha tumores no figado e quando demos por isso ja era tarde.... saudades!! adorava comer..comer..e passear. senao brinca-se com ela ela encarregava-se de chamar a atençao..sempre. ficara sempre nos nossos coraçoes!!
27.10
jagoz disse:
Eu tenho um Husky que infelismente já tem mais de 15 anos , está velhote mas gosto muito dele e é muito meigo !!!!
09.02
mix002 disse:
Adoro a raça, são super amorosos. :) Os Husky's são BEAUTIFUL
25.08
JessyLAF disse:
Sempre adorei a raça, mas antes nao podia adquirir nenhum. Logo que mudei de casa, achei que era uma oportunidade que nao podia ser ignorada e então o meu pai fez-me o favor, foi a um criador, e já se passaram 6 anos que o Rex está connosco. É um cão cheio de vida, adora longos passeios e gosta de crianças. É muito independente. Antes costumava escapar pela porta e lá tinha eu de andar a correr atrás dele. Eu parava, ele parava. Eu corria em direcção oposta e ele vinha atrás de mim, como se quisesse jogar á apanhada, e conseguia trazê-lo novamente para casa. Já passamos muitos bons momentos e agora não me vejo sem ele.
23.08
poxax disse:
pois treinamento facil nao e pois eles querem e correr ja muitas vezes apanhei muitos sustos pois ele conseguia arranajr maneira de sair da coleira e primeiro que o apanhase a unica ordem que consegui ensina lo e o senta e mesmo assim e dificil pois ele so obdece com comida na mao
11.08
jucemaria disse:
Á MINHA MENINA JUCE UM ANO SE PASSOU CHEIO DE MÁGOA INFINITA TUA IMAGEM E SIMPATIA CONOSCO PARA SEMPRE FICA. LINDA Já tudo foi dito só falta um detalhe, esta raça deve ser educada ao máximo e com o tempo, e como só sabem uivar, irão imitar alguns sons. A minha juce qdo e lhe dizia: onde queres ir? ela dizia " á ua" (á rua), O queres juce: ela dizia uvvv (uva). No dia que o meu filho nasceu, o meu marido trouxe a 1ªroupinha usada do bébé para casa para ela não estranhar o cheiro dele qdo chegásse. Ela nessa noite( com 5 anos) dormiu perto da roupa que o meu marido colocou dentro de um saco aberto no cabide. Qdo eu e o bébé chegámos a casa ela cheirou-o e reconheceu de imediato o cheiro e tornou-se uma protectora dele até ao dia infeliz em que tive uma triste notícia. A juce contríu tumor do útero e tivemos de tomar a decisão de a mandar abater. Ao nosso filho 1º dissemos que estava mto doente no hospital doa animais e mais contámos que ela já tinha falecido. E ainda hoje, passados mais de um ano eu choro qdo passo onde foi abatida, porque a última imagem foi a vê-la a olhar para trás com um olhar doente e triste como a que a compreender o que se iria passar. Nã
11.07
ana-carla disse:
Tenho uma Husky recolhida da rua e num estado mto deplorável. Hj apesar de ter leishmaniose vive a sua vida normalmente. É linda, com uns olhos azul céu fabulosos, meiga para toda a gente e para todos os cães. Adora passear na rua, mas tem de ser à trela pois corre desalmadamente e não obedece ao chamamento. Teimosa e independente qb.
rede vivapets:  Português Português English English Español Español Deutsch Deutsch